quinta-feira, 2 de outubro de 2008

Oportunidade de ouro

Em busca da afirmação no Benfica, Angel Di María deverá merecer hoje nova oportunidade de Quique Flores. Face às limitações no ataque (Cardozo está suspenso, Makukula e Mantorras não foram inscritos e Aimar, embora convocado, deve ficar no banco), o treinador espanhol, tudo o indica, vai apostar no medalhado de ouro olímpico para formar dupla com Nuno Gomes.

O argentino e o capitão terão a missão de liderar um conjunto que necessita de, pelo menos, marcar um golo e não sofrer nenhum para sofrer se qualificar para a fase de grupos da Taça UEFA. “Quando a imprensa, três dias antes do jogo, faz a equipa, está muito bem encaminhada. Engana-se muito pouco e dá-me ideias que não me haviam ocorrido. Têm coisas muito lógicas na cabeça”, disse Quique, sobre a titularidade de Di María, a única pista que deixou quanto ao onze.

Por confirmar ficaram os regressos de Luisão (rende Miguel Vítor, actuando ao lado de Sidnei) e Katsouranis (o grego deve voltar ao miolo, levando ao desvio de Carlos Martins para a direita, em detrimento de Ruben Amorim). Jorge Ribeiro e Reyes parecem de pedra e cal na esquerda.

Perante um assistência superior a 50 mil espectadores (os responsáveis benfiquistas esperam 700 apoiantes napolitanos), o Benfica terá de vencer a tradição e superar a maldição italiana. Nunca as águias eliminaram um formação transalpina depois de perder o 1.º jogo; e apenas uma vez seguiram em frente após sofrer derrota de 2-3 na 1.ª mão.

Fonte: Record
-------------------
Que este seja o jogo da tua vida, meu Angel! Terei sempre orgulho em ti! :')

1 comentário:

Captain Kid disse...

oportunidade de ouro que ele não desperdiçou. só faltou o golo. fica para segunda-feira :)

abraço,
kid